O acordo salarial de 2015 foi um tiro no pé dos professores?

26/07/2017 14:55

Eu acho extremamente injusto quando colegas atacam os sindicatos exigindo ações que eles mesmos não defendem. Esse é o caso de uma crítica feita por um diretor-geral do IFSP.

A crítica do diretor é sobre o acordo assinado pelos sindicatos em 2015. A principal crítica é sobre o “sindicato” ter aceitado uma proposta de reajuste de apenas dois anos (2016 e 2017), sendo que algumas categorias de servidores federais negociaram um acordo para 4 anos (2016, 2017, 2018 e 2019).

Sem lembrar do contexto de 2015, a crítica do diretor parece ser totalmente válida. Por que o sindicato aceitou apenas 2 aumentos quando poderia ter aceitado 4 anos de aumento?

Então vamos lembrar um pouco. A proposta do Governo Dilma em 2015 era de um reajuste total 21,3% para os próximos quatro anos (5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em 2019). Porém somente a inflação do ano de 2015 foi de quase 11%, assim os sindicatos sofreram forte pressão de seus representados para não acatarem o acordo.

Naquela época, o mesmo diretor acusava os “sindicatos” de serem idiotas por estarem negociando uma proposta de 4 anos. Em uma de suas postagens, ele escreveu: “tenho certeza que ainda teremos sindicato assinando essa pataquada”. E mais, ele dizia que o “acordo de 4 anos era no mínimo tiro no pé”.

Nenhum dos nossos sindicatos assinou tal “pataquada” e nem “deu tiro no pé”. Na verdade, os sindicatos construíram um bom “Acordo” com uma duração menor em razão da inflação alta, assim surgiu a proposta para apenas 2 anos (2016 e 2017).

Mesmo com muito empenho dos sindicatos e com uma proposta de menor duração, muitos servidores criticavam o Acordo, que por muito pouco não foi descartado, deixando os servidores sem os reajustes.

Para finalizar, conforme notícia de hoje, o Governo Temer estuda adiar os reajustes previstos para janeiro de 2018.

Voltar

Blog

Reforma da Previdência: qual o tombo para os servidores do IFSP?

07/02/2018 19:34
Conversando com os colegas, observo que a maioria dos servidores do IFSP ainda não se deu conta do tamanho do “tombo” que levaremos com a Reforma da...

Sindicatos no IFSP

05/02/2018 17:03
Atualmente, estamos assistindo a um verdadeiro ataque ao movimento sindical no Brasil, e não é diferente na nossa instituição (IFSP). Quase todo dia,...

Fim da pesquisa no IFSP e concentração de poder no CONCAM: de quem é a culpa?

27/11/2017 15:41
Nos últimos dias, tenho escutado algumas reclamações sobre a fim do FG1 para pesquisa nos campi e a sobre a concentração de poder no CONCAM. Para...

Eleição para Reitor do IFSP: após um ano, o que mudou?

28/09/2017 10:48
Pode não parecer, mas já se passou um ano da reeleição do professor Modena como o Reitor do IFSP. A votação foi em 28.9.2016. E o que mudou nesse...

Inauguração do Ginásio do IFSP: devemos comemorar?

25/09/2017 19:22
No dia 15.9.2017, ocorreu a cerimônia de inauguração do ginásio poliesportivo do Campus São Paulo. Eu não gosto desse tipo de “cerimônia”, pois acho...

Encontro Nacional de Serviço Social aprova moção contra as decisões do Reitor do IFSP.

19/09/2017 11:43
Entre os dias 7 e 10 de setembro, em Brasília, ocorreu o 46º Encontro Nacional dos Conselhos Federais e Regionais de Serviço Social (Conjunto...

Ribeirão Preto: Prefeitura descarta instalação de Campus do IFSP

18/09/2017 19:02
Uma matéria da “Revista Revide” - publicada em 17.9.2017 - vale a pena ser lida de ponta a ponta para entender um pouco sobre o que ocorre no...

Concurso de professores de 2014: valor da causa é de 1 milhão de reais

12/09/2017 11:47
Após o STF ter negado seguimento ao recurso apresentado pelo IFSP, o processo referente ao concurso de professores para o IFSP de 2014 retornou...

Nova decisão judicial sobre a seleção de estudantes dos cursos técnicos do IFSP.

02/09/2017 15:37
Em maio deste ano, a comunidade do IFSP foi surpreendida pela notícia de mudança na forma de ingresso para os cursos técnicos. Em um primeiro...

Um ano do Impeachment: como está o IFSP?

31/08/2017 12:30
Há um ano, em 31.8.2016, ocorria o afastamento da presidente Dilma por meio de um processo de impeachment, claramente decorrente da perda de apoio...