Divisão do IFSP: Reitor divulga vídeo com esclarecimentos - leia a transcrição

26/03/2018 11:44

No dia 26.3.2018, foi divulgado vídeo com esclarecimentos do Reitor do IFSP sobre a possibilidade de divisão do Instituto. Leia abaixo a transcrição da fala do Reitor:

"Olá! Como reitor do IFSP, quero informar e fazer esclarecimentos sobre o processo de uma possível divisão de nosso Instituto. Por conta de um projeto do Ministério da Educação a situação tem provocado muitas discussões, gerando inquietação em nossa comunidade.

Farei um breve histórico sobre isso. Em dezembro de 2015, por meio de ofício amplamente divulgado por nós, informamos ao MEC sobre a conveniência da divisão do IFSP. Consideramos, para isso, os planos do ministério para a abertura de novos câmpus em São Paulo, prevendo cerca de 80 unidades; também levamos em conta a inexistência de modelos de reitoria para conduzir todos os procedimentos relativos a uma quantidade tão grande de câmpus.

De lá para cá, voltamos a enviar ofícios para o MEC. Também procuramos saber pessoalmente, em reuniões em Brasília, sobre os desdobramentos de nossas considerações. Dada a conjuntura política e econômica do país, julgávamos que não haveria condições para a continuidade da expansão e para a criação de novos institutos.

Foi com surpresa que soubemos, há cerca de 15 dias, de uma Nota Técnica de reestruturação nacional dos Institutos Federais estava bem avançada. São Paulo aparecia nesse projeto com mais duas reitorias, deixando o estado com um total de três institutos.

Verificamos, com outros reitores também atingidos nesse processo, que a Nota Técnica foi desenvolvida sem a participação dos representantes dessas instituições.

Mesmo assim, as informações que recebemos apontam para uma iminente tomada de decisão do Governo.

Reiteramos ao MEC nossa disposição de participar de qualquer processo de elaboração e decisão que se refira à divisão do Instituto — desde que a comunidade do IFSP seja envolvida.

Fazemos questão de participar ativamente das tratativas e da implementação das soluções decididas. O maior interesse de todos, em nosso Instituto, é a manutenção da qualidade de educação que o IFSP se orgulha de ter, em todos os seus câmpus.

Também queremos a garantia da presença dos valores construídos na Instituição nos últimos anos. A eventual criação de novos institutos em São Paulo significará grandes mudanças na vida de mais de 4.000 servidores e mais de 35 mil estudantes. Diversas políticas internas implementadas por nós favorecem um ambiente propício, não só para a excelência do Ensino, da Pesquisa e da Extensão, mas também para a qualidade de vida dos nossos servidores. Todas essas conquistas precisam ser mantidas.

Nesta semana, socializamos essas informações para os diretores-gerais, que devem replicá-las nos seus câmpus.

Estamos aqui reforçando que nada além do exposto neste vídeo foi discutido por nós com representantes de Brasília. Não pudemos tratar de outros assuntos importantes. Entre eles, a definição das cidades-sede para as novas reitorias. Também não foram abordados os possíveis nomes para os cargos de reitor pro tempore. Entendemos que essas decisões, por prerrogativas legais, são exclusivas do Governo, mas esperamos que o poder público seja sensível às nossas reivindicações.

Continuamos a insistir, junto ao MEC e à Setec, que a participação do IFSP é essencial para o sucesso de qualquer projeto de disposição de institutos no Estado de São Paulo. E essa participação do Instituto deve necessariamente levar em conta os três setores de nossa comunidade: o docente, o discente e o administrativo.

Informamos que abriremos, nos próximos dias, uma enquete sobre a reestruturação do IFSP, como início das discussões internas sobre o assunto. Contamos com a participação de toda a comunidade.

Muito obrigado, e até mais!"
 

Voltar