Concurso Público do IFSP: o que mudou?

17/06/2014 11:59

No dia 13.06, sexta-feira, foi dia de aula normal no Campus São Paulo, porém estavam sendo realizadas bancas do concurso público para professor, utilizando as salas do Bloco H – Edificações.

Eu estava no Campus São Paulo e, pelo que eu pude observar, estava tudo bem calmo e organizado. Os candidatos chegavam e eram direcionados para o auditório. Depois, os candidatos eram chamados e encaminhados para a sala onde ocorriam as bancas.

Para a minha surpresa, várias pessoas que estavam trabalhando na realização do concurso eram servidores do IFSP, porém estavam com crachá da Fundep. São servidores técnico-administrativos que possuem experiência na realização de concursos e colocam a mão na massa.

Também, notei a presença de vários servidores do IFSP nas bancas (talvez a maioria das bancas fossem com servidores do IFSP – professores e TAEs).

Quando eu comecei a questionar a organização deste concurso, em fevereiro de 2014, tive como resposta dos gestores do IFSP que a terceirização apresentava duas vantagens:

1) permitir a realização do concurso de forma descentralizada pelo Estado de São Paulo;

2) a imparcialidade na realização das bancas com maioria de membros externos ao IFSP.

Com base no que eu observei, essas vantagens acabaram não ocorrendo, pois houve a concentração dessa fase no Campus São Paulo e precisou-se dos servidores do IFSP para comporem as bancas.

Eu nunca tive dúvida sobre a competência e a responsabilidade dos servidores do IFSP e, nesse momento, não seria diferente: os servidores do IFSP estavam trabalhando com dedicação para a realização de um bom concurso. O que eu questiono é a organização.

Eu ingressei no IFSP em 2006 por meio de concurso. Foi um concurso complicado, eu entrei com recursos na primeira e terceira fases (na segunda não podia!). Desde meu ingresso no IFSP, eu tenho sido crítico. Em relação ao concurso para professor, acho um absurdo não haver pontuação para atividades de pesquisa e extensão dos candidatos, além das atividades do mundo do trabalho. Todas essas atividades são descartadas nesse concurso atual.

Os servidores que estão na coordenação deste concurso são, praticamente, os mesmos que estavam na coordenação do concurso do meu ingresso (2006). Sobre esse concurso, eu, sinceramente, apostava em uma mudança do atual Reitor, porém a mudança não foi a que eu esperava.

Leia mais sobre o Concurso Público do IFSP:

- De quem é a Responsabilidade?

- O que pode ser feito?

- O que foi feito com os problemas apontados?

- Necessidade de esclarecimentos sobre o Concurso Público e o Posicionamento do Diretor Geral - SPO

Voltar

Blog

Divisão do IFSP: de “Polo de Inovação” a “Centro da Burocracia” – o caso de Campinas

03/04/2018 17:10
A breve história do Campus Campinas do IFSP é algo que impressiona, pois houve uma mudança brutal nos planos. Quando comecei a acompanhar as informações sobre a expansão do IFSP, a notícia era que, na cidade de Campinas, seria implantado um campus do IFSP com um “Polo de Inovação” ligado ao LNLS...

Divisão do IFSP: Câmara Municipal de Campinas pede para a cidade ser sede de futura reitoria

28/03/2018 12:37
No dia 26.3.2018, a Câmara Municipal de Campinas aprovou a Moção nº72/2018. Nessa moção, é pedida - ao Ministério da Educação - a instalação de uma das novas Reitorias do Instituto Federal Paulista na cidade de Campinas. O autor da moção é o vereador Pedro Tourinho (PT). Na Moção, o vereador diz...

Divisão do IFSP: Reitor divulga vídeo com esclarecimentos - leia a transcrição

26/03/2018 11:44
No dia 26.3.2018, foi divulgado vídeo com esclarecimentos do Reitor do IFSP sobre a possibilidade de divisão do Instituto. Leia abaixo a transcrição da fala do Reitor: "Olá! Como reitor do IFSP, quero informar e fazer esclarecimentos sobre o processo de uma possível divisão de nosso Instituto. Por...

Divisão do IFSP: segundo jornal, Campinas e São José do Rio Preto serão sedes das duas novas reitorias

25/03/2018 12:01
Em matéria publicada no Jornal Correiro Popular de Campinas no dia 25.3.2018, as cidades de Campinas e de São José do Rio Preto aparecem como as futuras sedes das duas novas reitorias dos institutos que podem ser criados a partir da divisão do IFSP. Leia a matéria escrita Rogério...

Divisão do IFSP: ADIFESP e SINASEFE são contra. Entidades cobram posição do Reitor.

24/03/2018 11:00
Em nota publicada no site do SIND-PROIFES no dia 22.3.2018, a diretoria da ADIFESP se posiciona contra a divisão do IFSP: "A ADIFESP entende que uma proposta de divisão do IFSP deva ser debatida exaustivamente pela comunidade - algo que não ocorreu em 2015 e que não está ocorrendo na atual...